OUÇA WEB RADIO ATIVA FM

O PORTAL DAS NOTÍCIAS DE BARRA D'ALCÂNTARA E REGIÃO

O PORTAL DAS NOTÍCIAS DE BARRA D'ALCÂNTARA E REGIÃO
E-MAIL 2: nicolas99878303@gmail.com

sexta-feira, 13 de julho de 2018

Acusado de estuprar enteada é condenado a 12 anos de prisão no Piauí

Delegacia de Proteção A Criança e ao Adolescente (DPCA) em Teresina (Foto: Lucas Marreiros / G1)Ronaldo Jhonata Rodrigues dos Santos foi condenado a 12 anos de prisão por estuprar a própria enteada, de 13 anos de idade, em janeiro deste ano. De acordo com a sentença assinada pelo juiz Washington Luiz Gonçalves Correia, titular da 6º Vara de Criminal da Comarca de Teresina, ele foi condenado pelo crime de estupro de vulnerável.
Segundo a decisão, publicada no Diário Oficial da Justiça do Estado do Piauí de terça-feira (10), em depoimento, a vítima disse que estava em casa com o acusado e que ele "estava com raiva porque a mãe dela queria se separar dele e começou a beber; que ele tentou agarrá-la e ela conseguiu se soltar; que o acusado a levou para o quarto e ela tentou correr, mas ele a pegou, derrubou no chão, deu um murro nela e começou a puxar seu cabelo; que ele fez ela tirar sua roupa, apertou sua garganta e disse que se ela gritasse, iria matá-la”.
A sentença informa ainda que em depoimento, o réu disse que estava "altamente alcoolizado" e que não lembrava o que tinha acontecido. Ele informou que se recordava apenas de estar na prisão e os presos fazendo perguntas para ele.
Ronaldo falou ainda que não se recordava de estar despido quando foi preso e que no dia consumiu três litros de vinho. Quando soube do ocorrido, disse que ficou em choque, e que estava arrependido, que tratava a vítima como pai e queria o melhor para ela.
O acusado foi preso em flagrante no dia 26 de janeiro de 2018 e sua prisão foi convertida em preventiva em 27 de janeiro de 2018.

Nenhum comentário:

Postar um comentário